Educadora do Centro Pop Rua relata resgate de uma pessoa idosa

A equipe diretiva da Fundação de Assistência Social (FAS) reconheceu o ato da educadora social do Centro Pop Rua, Rosa Cristiana Schavinski, que salvou uma pessoa idosa em um caso atípico. Na última segunda-feira (05/02), a presidente da FAS, Geórgia Tomasi, e as diretoras de Média Complexidade, Cristiane Oliboni e de Alta Complexidade, Franciele Roso, acompanhadas da servidora, compartilharam o caso com o prefeito Adiló Didomenico e a vice-prefeita Paula Ioris.

“Fiquei surpresa e agradecida pelo reconhecimento do meu trabalho”, confessa.

A situação iniciou na quarta-feira (31) quando a Coordenadoria do Idoso solicitou atendimento do Centro Pop Rua. A abordagem social do Pop Rua é destinada para atendimentos apenas em espaços públicos e até em terrenos baldios. Este caso incomum, por ser em uma residência, teve o acompanhamento da diretora de média complexidade, Cristiane Oliboni.

O indivíduo, de 67 anos, em situação de abandono, foi encontrado no local. Depois de averiguar a situação, Rosa ligou para o SAMU para prestar o devido atendimento. A servidora comenta que “são fatos corriqueiros na abordagem social, apesar de serem em locais públicos, após uma solicitação nunca sabemos com que situação iremos nos deparar, se não tivéssemos ido, talvez o idoso teria ido a óbito ainda naquela noite”.

Fotos: Ícaro de Campos.